Como definir um “bom alvo” na era digital – parte 2

Nesta segunda parte do post, vamos falar sobre se comunicar com o tal “bom alvo”.

De um ponto de vista operacional, os profissionais de marketing precisam procurar consumidores que sejam:

Distinguíveis mais precisamente em termos de necessidades e desejos. Quanto mais homogêneo e previsível nesses termos, mais fácilmente os profissionais desenvolverão um posicionamento eficiente e mensagens eficazes tanto para os canais tradicionais como os digitais.

Relevantes para as decisões de comunicação tanto tradicional como digital. Descubra como consumidores de alto valor usam mídias tradicionais, digitais e sociais, analisando o processo de pré e pós-compra. Em especial, a forma como gostam de interagir com a marca através dos diferentes canais de comunicação. A cadeia de restaurantes citada na parte 1, por exemplo, investigou o que os “advogados” de sua marca queriam e quando estavam dispostos a falar sobre a marca com suas famílias e amigos.

Encontráveis em grandes bancos de dados. Os “melhores” canais de comunicação são aqueles com um grande número de consumidores de alto valor. O texto original fala em bancos de dados como Simmons, MRI and Carat’s CCS. No Brasil, o que temos mais próximo é o Datalistas. Mas o principal é o conceito envolvido, ou seja, buscar selecionar aqueles grupos que têm o potencial de ser consumidores valiosos para você. No mínimo, essa seleção tem que ocorrer de forma adicional ao uso das mídias de massa.

Para finalizar, Klancy e Krieg afirmam que “à medida em que os profissionais de marketing estão de forma crescent saindo da experimentação com mídias digitais e sociais e indo para a integração de todos os esforços online com o plano de marketing geral, eles dão em si mesmos um tremendo empurrão na direção de mais retornos dos investimentos de marketing. É só recalibrar como separar os “melhores”, isto é, o consumidores mais valiosos, do resto.”

Fonte: Advertising Age

 

Sobre Fernando L G Guimaraes

Consultor, especialista em marketing de ativação e relacionamento
Esse post foi publicado em Gestão e Negócios e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s